Informação sobre o curso

Manifestar interesse Pedir contacto
  • Duração24.0 horas
  • Nível InicialNível 4
  • Preço137.484,00 Kz
  • Objectivo Geral

    O curso de Técnicas de Gestão para Supervisores, permite-lhes afirmar-se nos vários contextos da sua actividade e desenvolver os seus recursos pessoais para lidar com situações geradas pelos riscos e ameaças inerentes a actividade na adopção de atitudes de gestão eficazes. Responder às novas exigências da função: pró-actividade, polivalência, flexibilidade e adaptação a mudanças imprevistas.

  • Objectivos Específicos

    No final da acção os formandos deverão ser capazes de:

    • Entender os efeitos da globalização na dinâmica da segurança nas sociedades
    • Dinamizar a actividade privada de segurança de acordo com a Lei que a regula, tendo implícito a sua deontologia
    • Desenvolver aptidões, nomeadamente as capacidades de gestão organizacional, das equipas e da informação
    • Apropriar-se de técnicas de vigilância capazes de articular as componentes da segurança humana com a electrónica
    • Maximizar a capacidade e recursos pessoais na elaboração de Levantamentos de Necessidades de segurança em cada cliente e a elaboração de Planos de segurança
    • Desenvolver um estilo eficaz de liderança que motive os seus colaboradores
    • Criar uma relação de parceria com os clientes efectuando visitas de rotina para análise do serviço e do efectivo nos postos
    • Apropriar-se dos meios técnicos que potenciam a rentabilidade na prestação do serviço de operações

  • Metodologia

    O Curso de Técnicas de Gestão para Supervisores para, assentará numa metodologia activa e interactiva baseada em exercícios práticos individuais, “role-plays” e exercícios em grupo, tendo em vista reforçar as atitudes favoráveis à condução do desenvolvimento de Técnicas de Resolução de Conflitos e de Desenvolvimento Pessoal do indivíduo

    • Método activo, com constante interacção com os participantes de maneira a que haja facilitação para a criação de ideias e confirmação dos conteúdos apreendidos
    • Vivências e exercícios que permitam a partilha e o crescimento individual
    • Criação de Planos de acção para melhoria de competência pessoais e profissionais
    • Formação centrada no participante, promovendo a auto-aprendizagem e a descoberta do eu e do outro
    • Brainstorming e análise de casos reais

  • Conteúdos Programáticos

    A Globalização e a Gestão da Supervisão

    • A Cultura e o Enquadramento Social
    • Legislação Deontologia do Supervisor

    Estratégia Operacional

    • O Papel do Líder na Gestão de Equipas
    • Comunicação Social
    • Ética na Gestão da Supervisão

    Levantamento Necessidades

    • Identificação de Factores de Risco
    • Medidas de Prevenção
    • Relatórios de Avaliação de Riscos

    Protecção da Informação Documental e em Suporte Digital

    • Sensibilização para Segurança da Informação
    • A Documentação
      • Políticas, Normativos
      • Regulamentação e Manuais
    • A Qualidade dos Serviços: Procedimentos Internos

    A Efectividade e Escalas Serviço

    • A Visita aos Postos e aos Clientes
    • A Gestão dos meios colectivos e Alimentação
    • Cumprir com os princípios de SHST e da Qualidade dos serviços prestados
    • Coordenação do Serviço com a Direcção de Operações

  • Avaliação

    • A avaliação formativa, que se projecta sobre o processo de formação, permitindo obter informação sobre o desenvolvimento das aprendizagens, com vista à definição e ao ajustamento de processos e estratégias pedagógicas Os critérios a utilizar deverão ser:
      • Assiduidade e Pontualidade (Comparece às horas marcadas e cumpre o horário da formação)
      • Participação Ativa (está motivado interage com o grupo participa nos grupos de trabalho coloca questões e exprime opiniões criticas e fundamentadas)
      • Impacto de formação (evolução entre o perfil de entrada e o perfil de saída)
      • Resultados Alcançados (testes, trabalhos individuias e de grupo provas em cursos homologados)
    • A avaliação sumativa, que terá por função servir de base de decisão para a certificação, será suportada em trabalhos práticos (individuais e/ou em grupo), e/ou testes, e/ou observação directa, consuante o mais adequado a cada formando/a O resultado final deverá ser expresso em ”Com Aproveitamento” (certificação) ou “Sem Aproveitamento”, em função do/a formando/a ter ou não atingido os objectivos da formação

Manifestar interesse Pedir contacto